sexta-feira, 29 de abril de 2011

Dor na Decisão

Miro 29.94.2011 (... de um guardanapo velho...)


Há mais dor na decisão,
que na indecisão sem cor...

O coração se reparte,
parte é pleno direito,
a outra fica a la carte...

O tempo se esvai sem paz,
só frustração traz...

Escolher só um pedaço
é perder a outra metade,
ganhar o semi-espaço...

É morte plena de vida,
uma folha dividida...

Não há nenhum jeito
de colar o lado vazio
que gruda dentro do peito!

Um comentário:

Patrícia disse...

Sei bem o que é isso de decisões, dores, frustações, escolhas e perdas!